Limpeza de placas solares

Limpeza de placas solares: quando e como fazer

Como realizar a limpeza de placas solares?

Esse é um ponto importante para assegurar a eficiência energética dos painéis fotovoltaicos.

Por isso, deve ser realizado periodicamente – mas do jeito certo, é claro.

Segundo a National Renewable Energy Laboratory (NREL), a maior autoridade em energia solar dos Estados Unidos, as perdas causadas por sujeira variam entre 7% e 50%, dependendo da região.

Quem mora em áreas mais secas precisa ficar bastante atento à limpeza, já que nesse caso a tendência de acumular poeira é maior.

No entanto, há diversos outros pontos de atenção que devem ser observados.

Até mesmo porque cada fabricante tem especificações próprias em relação à limpeza e manutenção.

Continue lendo este texto e saiba o que fazer.

Limpeza de placas solares: por que é importante?

Painéis de energia solar têm sua eficiência relacionada não só à exposição constante à luz do sol, como também dependem da transparência do material para que a captação seja máxima.

Dessa forma, o acúmulo de poeira e detritos na sua superfície aumenta o risco de redução da capacidade produtiva.

Se a limpeza de placas solares é importante, não se pode fazer isso sem cuidados.

Acontece que os painéis fotovoltaicos podem acabar danificados ao empregar força excessiva ou utilizar produtos corrosivos. 

Não por acaso, algumas das empresas que realizam a instalação dos sistemas oferecem também o serviço de manutenção e limpeza periódicos.

Como lembramos antes, esse é um processo fundamental para assegurar a eficiência das placas, além de evitar falhas que possam levar à perda da garantia.

👉 A Sirius tem equipamentos de qualidade e o maior prazo de garantia estendida. Se você é integrador, faça seu cadastro com a gente!

Quando limpar as placas solares?

Cada fabricante costuma ter seus próprios procedimentos de limpeza, bem como a periodicidade com que deve ser feita.

Enquanto uma grande parte dos fabricantes sugerem a limpeza anual, há uma fatia do mercado que prefere propor a limpeza semestral em locais com muita poeira.

Um aspecto fundamental é observar também a hora do dia para fazer a limpeza. 

Nesse caso, os fabricantes são unânimes em indicar o horário mais cedo possível pela manhã ou no fim da tarde.

Assim, evita-se um possível choque térmico das placas aquecidas com a água fria, o que poderia causar trincas e fissuras nos painéis.

Quem deve fazer limpeza de placas solares?

Além disso, a limpeza deve ser precedida de uma inspeção dos módulos, de maneira a assegurar que não há cabos soltos, rachaduras e outros tipos de avarias no equipamento.

Por essa razão, há quem prefira contar com o suporte de uma empresa especializada na limpeza de placas fotovoltaicas ou com a própria fabricante, caso ela forneça o serviço.

No entanto, a limpeza pode ser feita pelo integrador, desde que sejam respeitadas as restrições quanto aos produtos usados.

Não menos importante, caso seja necessária a limpeza do módulo, esta pode ser feita normalmente, desde que seja evitado o contato com objetos perfurantes.

Quais produtos são usados na limpeza das placas?

O tipo de produto usado na limpeza é outro ponto sobre a manutenção que as empresas fabricantes de painéis solares procuram alertar.

Para algumas marcas, por exemplo, podem ser usados panos secos macios ou úmidos.

Também pode ser permitida a utilização de esponjas, desde que não sejam muito abrasivas. 

Em contrapartida, é comum que seja proibida a utilização de solventes corrosivos, assim como a de objetos rígidos.

Outro possível alerta é para evitar água fria caso a temperatura esteja alta, sob o risco de danificar as placas.

Empresas como a Canadian Solar, por sua vez, não recomendam usar água com alto teor de minerais.

Também vetam o uso de substâncias alcalinas, bem como de soluções corrosivas de limpeza contendo ácido hidrofluorídrico, álcool industrial ou acetona.

Como é feita a limpeza de placas solares?

Em geral, a limpeza de placas solares pode ser feita de forma bastante simples.

É necessário acessar o local onde estão as placas, que pode ser feito com uma escada.

Uma vez alcançadas, basta passar um pano macio umedecido com água, sempre observando as restrições de produtos informadas no manual do fabricante.

Caso as placas estejam altas demais ou sejam de difícil acesso, pode ser usado um rodo ou uma extensão.

Em certos casos, pode ser necessário o apoio de uma empresa especializada nesse tipo de serviço, principalmente quando há uma grande quantidade de painéis.

Então, ficou claro para você o que fazer para manter os painéis solares sempre brilhando?

No blog da Sirius, você fica sempre por dentro de tudo que cerca a energia solar.

O Autor

Especialista Sirius

Cadastre-se na Sirius!

A Sirius criou este conteúdo para ajudar você, integrador, a se manter atualizado sobre o mercado de energia solar. Faça agora seu cadastro, se torne parceiro de uma das melhores fornecedoras de insumos para projetos fotovoltaicos e aproveite vantagens como:

  • Garantia direta com a Sirius
  • Programa de fidelidade
  • Parcerias com bancos e financeiras
  • Encontro de parceiros
  • Suporte técnico personalizado
  • Frete diferenciado
  • Atendimento humanizado.
Mais artigos da Sirius

Seja um parceiro Sirius!

Com a Sirius, você trabalha com uma empresa séria, focada em oferecer excelência na qualidade de seus produtos e serviços, investe em um dos negócios que mais crescem no Brasil, utilizando uma fonte inesgotável de energia e com retorno garantido para o cliente. Além disso, sua empresa recebe suporte técnico continuo e gratuito.